50 mil refugiados sem rumo no Congo

População foge dos confrontos no Congo

População foge dos confrontos no Congo

Vários campos de refugiados do Congo foram evacuados à força pelos rebeldes, colocando nas estradas cerca de 50 mil pessoas sem rumo, denunciou o Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados.

Os campos de refugiados perto da cidade de Rutshuru, a norte de Kivu, foram evacuados, pilhados e queimados, descreveu o porta-voz do ACNUR, Ron Redmond.

Diversas fontes humanitárias no local denunciaram que estes actos foram cometidos por tropas rebeldes, acrescentou à agência noticiosa France Presse.

“Estamos extremamente preocupados com o destino de cerca de 50 mil pessoas obrigadas a abandonar os campos de Dumez, Nyongera e Kasasa, administrados pelo ACNUR”, salientou Ron Redmond.

A região de Rutshuru tem sido palco de confrontos nas últimas semanas.

Na quarta-feira, a agência das Nações Unidas de apoio aos refugiados já tinha anunciado que o campo de Kibati, a algumas dezenas de quilómetros de Goma, tinha sido abandonado por cerca de 45 mil pessoas, dado o avanço das forças rebeldes.

O ACNUR estima que 8500 pessoas tenham procurado refúgio no Uganda, 2500 nos últimos três dias.

É triste noticiar isso, mas, não poderia fingir que não vi.

Fonte: Jornal das Notícias (Portugal)

This entry was posted in Uncategorized and tagged , , , , , . Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s