Cineasta Spike Lee espera que STF mantenha sistema de cotas no Brasil

No dia em que o Supremo Tribunal Federal (STF) analisou ações que contestam a constitucionalidade das cotas para negros em universidades, o cineasta Spike Lee, importante defensor da causa racial nos Estados Unidos, disse que espera que o sistema de ações afirmativas seja mantido. Ele esteve no final da tarde com a presidente Dilma Rousseff e mais cedo no próprio STF.

“Então, espero na minha opinião que a Suprema Corte aprove (a manutenção do sistema de cotas raciais). Não sou expert no Brasil, mas falo como cidadão do mundo”, disse Spike Lee.

Ele citou ainda o alto número de afrodescendente no mundo e disse que nos Estados Unidos os sistemas de ação afirmativa levaram negros a posição de destaque nos esportes, negócios e nas artes.

No Brasil, o cineasta deverá entrevistar famosos brasileiros para o documentário Go Brazil GO!. Estão lista o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, o ex-jogador Ronaldo Fenômeno, o jogador Neymar, o ator Lázaro Ramos, além dos produtores do documentário, Heitor Dhalia e Tatiana Quintella.

Spike Lee é um cineasta negro que nasceu nos Estados Unidos antes da conquista dos direitos civis. A temática de muitos dos seus filmes gira em torno da questão racial e o preconceito nos EUA. Ele ficou mundialmente conhecido com a obra Faça a Coisa Certa (1989), sobre tensões raciais entre negros e italianos no Brooklyn. O filme foi indicado ao Oscar concorrendo à estatueta de melhor roteiro original e de melhor ator coadjuvante para Danny Aiello. O maior sucesso de bilheteria de Spike Lee foi O Plano Perfeito (2007), com Clive Owen e Jodie Foster. O cineasta também dirigiu as gravações do clipe de “They don´t care about us”, de Micheal Jackson, gravado no morro Santa Marta, no Rio de Janeiro (RJ), e no Pelourinho, em Salvador (BA).

Go Brazil GO!
O documentário que será dirigido pelo cineasta americano deverá mostrar o “novo Brasil” e como o País “emergiu como nova superpotência”, nas palavras do próprio Spike Lee. “É meu trabalho, como documentarista, encontrar histórias sobre o que aconteceu para fazer com que o Brasil seja essa superpotência”, disse.

Até a Copa de 2014, ele deverá lançar o documentário Go Brazil GO!. Até lá, Spike Lee fará várias viagens curtas ao Brasil.

Entenda o julgamento
O STF analisa três ações que contestam a constitucionalidade da reserva de vagas em universidades públicas por meio das cotas raciais e o perfil do estudante apto a receber bolsas do Programa Universidade para Todos (Prouni). O julgamento é o primeiro comandado pelo ministro Ayres Britto, que foi assumiu a presidência da Corte na última semana

A sessão desta quarta-feira foi suspensa suspensa após o voto favorável às cotas raciais da Universidade de Brasília (UnB) pelo relator, ministro Ricardo Lewandowski. A ação contra a UnB foi ajuizada em 2009 pelo Democratas, que questiona a reserva de 20% das vagas na instituição a estudantes negros. Segundo o DEM, essa política fere o princípio constitucional da igualdade nas condições de acesso ao ensino superior. O programa foi instituído em 2004 e desde então atendeu mais de 5 mil alunos.

Outro tema polêmico que deve ser julgado pelos ministros é uma ação ajuizada pelo estudante Giovane Pasqualito Fialho, reprovado no vestibular da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) para o curso de administração, embora tivesse alcançado pontuação superior à de outros candidatos. Os concorrentes que tiveram nota menor foram admitidos pelo sistema de reserva de vagas para alunos egressos das escolas públicas e negros.

Fonte: DIOGO ALCÂNTARA direto de Brasília para o site TERRA

This entry was posted in Uncategorized and tagged , , , , , . Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s